Cassandra Clare - As Peças Infernais - Princesa Mecânica


INTERVENÇÃO: Sim, logo de cara uma pequena intervenção. NÃO LEIA A ÁRVORE GENEALÓGICA do início do livro. Passe e só veja no final. Você pega spoiler. E NÃO LEIA O EPÍLOGO ANTES DE LER Cidade do Fogo Celestial, você vai pegar spoiler também.

Agora vamos ao desabafo de Mimi:

Tô tão desanimada... tãoooooo chateada... motivo? Acabou a história de Londres! Buáááá... ok ok estou sendo muito dramática, eu sei. Mas o Will e a Tessa são tão mais legais que Jace e Clary.

O Will é muito amorzinho olhem isso:

– Estava pensando em empacotar Cecily e servi-la aos patos no Hyde Park – disse Will, puzando os cabelos molhados para trás e lançando um raro sorriso a Jem. – Sua ajuda seria muito bem-vinda.
– Infelizmente, talvez precise adiar seus planos de sororicídio por mais tempo. Gabriel Lightwood está lá embaixo, e tenho duas palavras para você. Duas das suas palavras favoritas, pelo menos, justapostas.  – “Total simplório”? – indagou. – “Arrivista inútil”?Jem sorriu.– Varíola demoníaca – respondeu. (pág. 25)

Gente não tem como não se apaixonar pelos personagens das Peças Infernais, eles são cativantes. Quando li essa passagem acima eu fiz aquela cara de “hummm viu como ele tinha razão?”.

Agora... ai senhorrrrrr Magnus Bane (é amor eterno), Jem Carstairs, Will e Cecily Herondale, Tessa Gray, Gideon e Gabriel Lightwood, Sophie Collins, Charlotte e Henry Branwell, mesmo Jessamine Lovelace e até a cozinheira com aquelas músicas infernais afff, é sério olha isso:

Em uma terça-feira se casaram,Antes de sexta, morreram,Foram enterrados no cemitério da igreja lado a lado,Oh, meu amor,E foram enterrados no cemitério da igreja lado a lado. (pág, 289)

Não tem como não ler isso sem cantar. E foi o que fiz, mandando áudio às 2h da madrugada para a Josy – é uma amiga que adora essa série e me pilhou para ler e não me arrependo, é muito boa!

Neste livro vemos o final da história criada por Cassandra Clare, onde, Tessa Gray é a protagonista. Tessa é a princesa mecânica. Uma criatura que consegue se transmutar em qualquer pessoa viva ou morta e saber os pensamentos e até é possível que Tessa converse com as pessoas sendo aquela em que se transmutou. E isso será usado por Mortman. Claro, não tinha como não ser. Lembra que lá no primeiro livro ele disse “eu a fiz”, pois é... ele a criou, mas não é o pai dela. Ufa! Por que olha... eu morreria com um pai assim.

Contudo temos alguns questionamentos sobre esse livro e que para que a história fique redondinha eles serão todos respondidos?

O que Tessa é? Nephlin? Demônio? Feiticeira? Algo diferente?

Ela se casará com Jem, mesmo amando Will também?

Jem está morrendo, ele sobrevive?

Will voltará para a casa dos seus pais com sua irmã Cecily?

Benedict Lightwood tem varíola demoníaca mesmo?

Gideon Lightwood está no Instituto por qual real motivo?

Gabriel Lightwood perderá a pose que tem?

O pingente de anjo no pescoço de Tessa o que realmente ele é?

Mortman consegue sua vendeta?

Qual o real motivo para que Mortman odeie os Nephlins?

Magnus Bane se apaixonou por Will? Eles tiveram alguma coisa? O ciumes de Alec é comprovado?

Milena chorou no livro? Claro ou com certeza???? 

Essa é a única resposta que posso dar sem soltar nenhum spoiler. Sim, com certeza eu chorei horrores, o livro é mega emocionante. Li em uma sentada. Sério, não tinha como parar de ler. Eu queria, não mentira... eu necessitava saber o que tinha acontecido. Até o sono me deixou rs

Sim, todos serão respondidos.

INTERVENÇÃO 2: potaqueopariu quando descobrimos o que é o pingente de anjo de Tessa, eu fiquei muito irritada e claro, mandei novamente um áudio para a Josy. Como ele é burro! Pena que não posso falar. Mas olha... duas vezes????? É ser muito idiota.  

Agora essa narrativa envolvente que Cassandra nos traz no livro... ela te transporta para as ruas da antiga Londres, a caminho de Caidar Idris (uma jogada genial de certo alguém rs) e até se impressiona com a nova Londres pela visão de uma personagem muito querida.  

E afirmo sem qualquer dúvida: As Peças Infernais é muito melhor que Os Instrumentos Mortais.

Uma trilogia muito bem escrita que deixará saudades. Acho que vou pegar novamente para ler, só para não sentir muitas saudades desses personagens.
Bom por hoje é só, beijinhos e até a próxima!

Série: Os Instrumentos Mortais


6. Cidade do Fogo Celestial

Série: As Peças Infernais


3. Princesa Mecânica


SERVIÇO:

Título:  Clockwork Princess: The Infernal Devices
Autor:  Cassandra Clare
Tradutor: Rita Sussekind
ISBN: 978-85-01-09270-0
Assunto:  Ficção americana
Páginas: 434
Editora: Record
Nota: 5/5


Sinopse: Continuação de Príncipe mecânico, “Princesa Mecânica” é ambientado no universo dos Caçadores de sombras, também explorado na série Os Instrumentos mortais, que chega agora ao cinema. Neste volume, o mistério sobre Tessa Gray e o Magistrado continua. Mas enquanto luta para descobrir mais sobre o próprio passado, a moça se envolve cada vez mais num triângulo amoroso que pode trazer consequências nefastas para ela, seu noivo, seu verdadeiro amor e os habitantes do Submundo.

O Perfume



Olá!

Estou estreando esse novo espaço aqui no blog para falar um pouco desse mundo magnífico da perfumaria! E antes de fazer alguma resenha, é bom deixar bem claro O QUÊ É UM PERFUME?

Um bolo, por exemplo, nós colocamos farinha de trigo, leite, ovos... Um perfume nós colocamos óleos essenciais (naturais), matérias primas sintéticas, álcool, água, conservante, antioxidante... E em uma proporção equilibrada, podendo conter até mais de 1000 matérias primas, eis que surge O PERFUME:

O Perfume não é apenas um cheiro gostoso em um frasco bonito
PERFUMARIA é uma arte!

Toda fragrância evolui assim como uma sinfonia, possui início meio e fim! E através da pirâmide é possível compreender um pouco do comportamento da fragrância e quais são suas notas principais. Dividimos a pirâmide em três partes TOPO, CABEÇA ou SAÍDA, CORPO ou CORAÇÃO e FUNDO ou BASE.


Notas de SAÍDA, TOPO ou CABEÇA, como preferir, o primeiro momento que sentimos de uma fragrância, a primeira impressão que temos. As notas de saída são voláteis, mais leves, e normalmente são notas compostas por notas frutais cítricas e aromáticas. Hoje em dia, com as notas sintéticas, é possível sentir uma nota de couro ou amadeirada já na saída, assim como uma fruta ou flor no fundo. 

Mas em regras gerais são as notas mais voláteis que são sentidas no momento em que borrifamos a fragrância no ar, na pele ou na fita olfativa.


Notas que CORAÇÃO ou CORPO, são elas que carregam a tema central da fragrância. E é nesse momento em que podemos afirmar se gostamos ou não de uma fragrância. As notas de coração possuem características envolventes e de média tenacidade (duram mais tempo que as notas de saída) normalmente são compostas por notas Florais, Especiadas e Frutais.



E por último, a personalidade da fragrância, as notas de FUNDO ou BASE, elas que vão “segurar” toda a composição, acrescentando maior ou menor intensidade a todas as notas. São compostas por notas Amadeiradas, Ambaradas, Couro, Almiscaradas, Animálicas, Baunilha, Heliotropina... As notas são mais densas e de menor volatilidade.


A pirâmide é a maneira mais fácil de representar uma fragrância, mas só podemos dizer se gostamos ou não de uma fragrância quando usamos na pele, no caso de um perfume, ou a utilizamos no ar, no caso de um aromatizante de ambiente. 

Espero ter ajudado e introduzido da melhor maneira vocês nesse magnífico mundo da Perfumaria.

[Dica - Concerto] 90 Anos de Sorriso Colgate – Tributo a Tom Jobim


Olá a todos!

Nesse domingo (8 de outubro de 2017) a Colgate oferecerá um concerto gratuito para comemorar seus 90 anos!

João Carlos Martins, nosso talentoso maestro que é um dos maiores intérpretes de Bach, irá reger a orquestra Bachiana Filarmônica do Sesi/SP. A orquestra irá tocar os maiores sucessos de Tom Jobim e terá como convidada especial a Sandy:

A Sandy & Jr. sem o Jr.

O evento acontece o lindo Auditório Ibirapuera na parte externa (na parte de trás), é só chegar, escolher um local legal, sentar na grama e curtir 90 minutos de espetáculo.

A melhor parte é que a Colgate disponibilizará um "escovódromo" para ensinar as crianças a escovar os dentes de forma correta e de forma divertida!

Serviço:
90 Anos de Sorriso Colgate – Tributo a Tom Jobim
Local: Auditório Ibirapuera (platéia externa)
Data: 08 de Outubro de 2017 as 11:30
Valor dos Ingressos: GRÁÁÁÁÁÁÁTIS
Classificação: Livre
Mais Informações: no site